Gestão ambiental nas escolas



O Instituto Precisa leva Gestão Ambiental às Escolas

O Instituto Precisa leva gestão ambiental  para as escolas com a missão de envolver pessoal de apoio, professores e alunos numa ampla percepção sobre o meio ambiente e a influência de nossas atitudes para sua conservação.




São formados grupos de trabalho interdisciplinares para  levantamento da demanda dos recursos naturais que entram na escola (água, energia, materiais e alimentos), dos resíduos e da situação estrutural do edifício (instalações elétricas e hidráulicas). 

 

Com base no diagnóstico inicial, os grupos dirigem projetos que contemplem os principais pontos a serem trabalhados.

 


- Energia - analisar contas de luz; incentivar a todos, com conversas e avisos perto de interruptores, a desligar a energia quando houver luz natural ou o ambiente estiver vazio; efetuar a troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes, mais econômicas e eficientes, e fazer a manutenção periódica de equipamentos como geladeiras e freezers. 


- Água - providenciar o conserto de vazamentos e disseminar, com lembretes nas paredes, a prática de fechar torneiras durante a lavagem da louça, a escovação dos dentes e a limpeza do edifício. Estudar a possibilidade de captação e uso de água da chuva, que pode servir para lavar o chão e regar áreas verdes. 


- Resíduos - caso não haja coleta seletiva pelo serviço público, deve-se buscar parcerias com cooperativas de catadores. Além disso, é possível substituir, sempre que possível, sulfite, cartolina, isopor e EVA por papel craft reciclado. É possivel também manter composteiras para a destinação do lixo orgânico e a produção de adubo, implantar programas contra o desperdício de comida e promover o uso e o descarte corretos dos produtos de limpeza, das lâmpadas e eletrônicos. 

 

Alunos aprendem a acompanhar a evolução de consumo por meio de gráficos; se envolvem na busca de soluções para o gerenciamento de resíduos e abordam o tema consumo sustentável, entendendo suas vertentes e desafios.


Os métodos participativos, com dinâmicas e jogos, criam situações lúdicas que permitem o intercâmbio, a vivência de novas situações, a criatividade e o aprendizado coletivo. Além disso, fortalece o sistema de gestão enquanto incentiva práticas sustentáveis.


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação (24) 8815 1052