Notícias



Prorrogado edital para projetos de preservação da mata atlântica


 

O 5º edital do programa Clickarvore, que doará 600 mil mudas de espécies nativas da mata atlântica a proprietários de terras que desejam preservar remanescentes presentes em suas propriedades, foi prorrogado até o dia 30 de setembro. O objetivo é promover a restauração e a conservação de 360 hectares do bioma, em cinco estados.
 

 

Projetos que têm como objetivo a restauração florestal; a conservação da biodiversidade regional; a proteção dos recursos hídricos; conectividade de fragmentos florestais, e a proximidade de Unidades de Conservação (UCs) poderão ser contemplados, desde que abranjam áreas entre 1,5 e 30 hectares. Podem participar da distribuição gratuita de mudas proprietários rurais, pessoas físicas ou jurídicas, associações, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e Organizações Não Governamentais (ONGs). 


O Clickarvore é uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e atenderá a propriedades do Espírito Santo, norte do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e sudoeste e leste do Mato Grosso do Sul, regiões que correspondem a uma população de mais de 5 milhões de habitantes. Até agora, já foram recuperados 13 mil hectares de mata atlântica. 


Um levantamento feito no ano de 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que apenas 12% do total da área do bioma no país foi preservada. Uma área maior que toda o Sudeste foi devastada. Mais da metade do total de espécies em extinção da fauna brasileira e 275 da flora estão localizadas nesse bioma. De acordo com o mesmo estudo, atividades realizadas pelo homem, como desmatamentos, queimadas e conversão de campos para pastagens são as principais responsáveis por esse dado. 


Em maio do ano passado, um estudo da própria Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), com registros dos anos de 2010 e 2011, apontou que apenas 11% da mata atlântica presente no Espírito Santo ainda está preservada, o que o coloca no 5º lugar no ranking nacional do desmatamento, atrás de Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Linhares foi o município capixaba que liderou os registros de destruição do bioma.


O edital completo do projeto está disponível em SOS Mata Atlântica.



Fonte: Século Diário
Sec diário ClickArvore

Publicado em 27/04/2013


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação