Notícias



Logística reversa de medicamentos começa a envolver indústrias


Os integrantes do Grupo de Trabalho da Logística Reversa de Medicamentos do estado do Rio de Janeiro realizaram um encontro, no dia 3 de abril, com objetivo de discutirem os próximos passos para a implantação da logística reversa de medicamentos no Rio de Janeiro. Estiveram presentes membros das entidades participantes, como Ascoferj, Anfarmag, Vigilância Sanitária de Niterói, do Rio de Janeiro, Instituto Vital Brazil e Afaerj.


Os participantes apontaram as dificuldades em prosseguirem com o trabalho, já que falta a participação da indústria no processo. Por esse motivo, o grupo decidiu criar um manifesto relatando as dificuldades encontradas, que impossibilitam o andamento do trabalho. Depois de pronto, o documento será enviado ao Núcleo de Regulação e Boas Práticas Regulatórias (Nureg), da Anvisa, para que eles possam ter ciência das atividades que estão sendo realizadas pelos integrantes do GT do Rio desde 2012 e a situação atual.


"Para que o projeto apresente êxito em nosso estado, é preciso que o setor produtivo se posicione quanto à logística reversa dos medicamentos. Todos os integrantes do grupo estão empenhados no projeto, mas é fundamental a participação de toda a cadeia", declarou o presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins.


Fonte: Ascoferj
Ascoferj - LogRev Medicamentos

Publicado em 09/04/2013


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação