Notícias



IBGE na Rio +20: publicações especiais e mapa de biomas


O IBGE sediará, de 11 a 13 de junho, o encontro do Comitê das Nações Unidas de Especialistas em Contas Econômico-Ambientais (UNCEEA), ligado à Divisão de Estatística das Nações Unidas (UNSD). O Encontro contará com a participação de aproximadamente 30 dirigentes e especialistas de institutos nacionais de estatística, com o objetivo de discutir os aspectos mais estratégicos da inserção das estatísticas e contas ambientais nos planos de trabalho dessas instituições. O IBGE é o representante do Brasil no Comitê.

Duas publicações traçam panorama nacional sob diversos aspectos

Duas publicações do IBGE trarão importantes informações para as mesas de debates da Rio +20. Os "Indicadores de Desenvolvimento Sustentável: Brasil 2012" (IDS 2012) dão prosseguimento à série iniciada em 2002 e apresentarão, nesta edição, 62 indicadores, divididos em quatro dimensões: Ambiental, Social, Econômica e Institucional. A dimensão ambiental diz respeito ao uso dos recursos naturais e à degradação ambiental, e está relacionada aos objetivos de preservação e conservação do meio ambiente. A dimensão social corresponde aos objetivos ligados à satisfação das necessidades humanas, melhoria da qualidade de vida e justiça social. A dimensão econômica trata de questões relacionadas à produção e ao gerenciamento de resíduos, uso de energia, uso e esgotamento de alguns recursos naturais, e sua ligação com o desempenho macroeconômico e financeiro do País. A dimensão institucional diz respeito à orientação política, capacidade e esforço despendido por governos e pela sociedade na implementação das mudanças requeridas para uma efetiva implementação do desenvolvimento sustentável.

O "Brasil em Números" é uma publicação em versão bilíngue cujas informações permitem traçar uma síntese da realidade brasileira em seus múltiplos aspectos. Cerca de 600 exemplares serão entregues ao Ministério das Relações Exteriores para distribuição às autoridades e membros das delegações estrangeiras que participarão da Rio +20. Além dos tradicionais dados sobre o território nacional, características demográficas e socioeconômicas da população, preços, contas nacionais, aspectos das atividades agropecuárias, industriais, comerciais e de serviços, finanças, comércio exterior, ciência e tecnologia e estatísticas básicas do Governo, a publicação traz como encarte um mapa temático da diversidade ambiental, mostrando os biomas continentais presentes no território brasileiro.

Mapa de Biomas permitirá interação lúdica de visitantes com o território

Durante a Rio +20, o Armazém 4 do Cais do Porto receberá o Pavilhão dos Biomas, espaço sob a responsabilidade do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Nesse local, o IBGE instalará o Mapa de Biomas, de 10m x 10m, composto em 100 placas de vidro temperado, retro iluminadas. O Mapa tem como fundo os Biomas Continentais Brasileiros, além dos principais rios que compõem parte importante do cenário ambiental nacional. Para cada bioma foi montado um quadro ilustrativo e explicativo, com suas principais características. Além disso, o Mapa mostra a localização de todas as cidades do Brasil, com seus principais acessos e o nível de densidade populacional de cada uma. O visitante poderá caminhar livremente sobre o Mapa, possibilitando uma interação lúdica com o território; inclusive, para fornecer uma noção de distância, foi anexada ao Mapa uma escala, onde o visitante pode aferir através do tamanho de seu pé ou de seu passo a distância entre os vários pontos que percorrer sobre o mapa.


Fonte: IBGE
IBGE na Rio+20

Publicado em 11/06/2012


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação