Notícias



Rio ganha sua primeira usina de triagem e reciclagem com apoio do Inea


O Rio de Janeiro já tem a sua primeira Usina de Triagem e Reciclagem (UTR), projeto da atriz Isabel Fillardis e seu marido Júlio Cesar Santos, inaugurada ontem (20/03) pelo casal e várias outras personalidades do meio ambiental, como a presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos e do o professor da Coppe/UFRJ, Luiz Pinguelli Rosa. 

A usina gerou emprego para 1.125 pessoas, a maioria retirada das ruas e que se tornaram agentes ambientais, trabalhando com coleta seletiva. A UTR tem capacidade de receber 7.500 quilos de resíduos por dia e todo o seu galpão, na Rua Pedro Alves, no bairro Santo Cristo, foi projetado para dar eficiência e qualidade ao trabalho dos catadores, que têm ganhos que variam de R$ 1.500 a R$ 2.000,00 por mês. 

Durante a solenidade de inauguração, a presidente do Inea, Marilene Ramos, foi uma das homenageadas na festa, já que na avaliação dos organizadores, ela foi reconhecida por valorizar o trabalho do catador de lixo. 

Segundo a atriz Isabel Fillardis, a iniciativa é um reconhecimento por toda atenção que Marilene Ramos dispensou ao projeto, divulgando a iniciativa por todo o Estado. "Principalmente, para a realização do evento Doe Seu Lixo por Música, realizado na Praça da Apoteose em 2008 e que foi um dos principais fatores que nos possibilitou realizar a construção de nossa UTR-RJ", ressaltou Fillardis. 

Ao receber a homenagem Marilene Ramos, fez questão de dizer que a questão dos resíduos sólidos é prioridade em seu trabalho. "Confesso que estamos muito aquém do que gostaríamos. Menos de 3% do nosso lixo vai para a reciclagem. Não podemos lamentar pelo o que não foi feito no passado e sim lutar pelas melhorias. Projetos como este e como O Coleta Seletiva Solidária, da Secretaria Estadual do Ambiente e do Inea, provam que há solução" 

Em 2003, a atriz fundou, ao lado de seu marido, Julio Cesar Santos, o Instituto Doe Seu Lixo, oferecendo oportunidade de trabalho à pessoas que viviam abaixo da linha de pobreza e dando início à valorização e profissionalização dos catadores de materiais recicláveis. A instituição atua na inclusão das cooperativas de catadores na logística reversa e se empenha em buscar a eficiência administrativa, financeira e operacional, tornando a reciclagem um negócio autossuficiente e que ainda colabora para o desenvolvimento sustentável. 

Julio Cesar, secretário geral do Instituto e marido da atriz, falou sobre as criticas feita pelos jornais na última semana, sobre a reciclagem do lixo no Estado do Rio de Janeiro. "Essa inauguração é uma resposta a altura aos jornais que falaram que o poder público esta inerte ao problema do lixo. O Governo do Estado, Prefeitura, Iniciativas privadas e os catadores estão trabalhando em prol da coleta seletiva." 

A UTR-RJ é um centro de excelência em triagem de resíduos sólidos recicláveis. Possui equipamentos de alta tecnologia operados por catadores capacitados, num sistema inédito em gestão de resíduos por cooperativas no País. Com o objetivo de solucionar o problema da destinação inadequada dos resíduos, o Instituto desenvolve metodologias de gestão para todo o processo produtivo das cooperativas, investe em tecnologia - como o sistema de rastreamento, via satélite, dos resíduos coletados - e promove a capacitação dos catadores, dando oportunidade de trabalho e renda a pessoas que antes tiravam sustento dos lixões em condições insalubres. 

Pessoa física e jurídica podem encaminhar o lixo reciclável para a Usina. Para realizar o cadastro basta ligar para (21) 3177-6101.

Fonte: Inea-RJ

http://www.inea.rj.gov.br/noticias/noticia_dinamica1.asp?id_noticia=1698

Publicado em 21/03/2012


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação