Notícias



Programa de descarte de medicamentos envolve consumidor


Uma solução criativa vem contribuindo para a destinação ambientalmente correta dos resíduos de medicamentos vencidos gerados pelo consumidor individual. Trata-se do descarte consciente, projeto lançado pela Brasil Health Service (BHS), empresa do segmento médico-hospitalar, e apoiado por diversas instituições - de drograrias a institutos de pesquisa. Inicialmente implantado em São Paulo, o objetivo é expandi-lo para outros estados.

O projeto disponibiliza postos de recolhimento nos locais de venda de medicamento. Cada estação coletora tem três compartimentos de depósito: um para pomada e comprimidos, um para liquidos e sprays e outro para caixa e bulas. Os medicamentos descartados são identificados pelo código de barras ou com a ajuda do farmacêutico. Os dados são registrados e usados para a elaboração do "preservômetro", um indicador que permite ao consumidor acompanhar via internet, de forma lúdica, o volume de água preservado pela quantidade de resíduos coletada.

Os remédios controlados são rastreados pelo sistema, a fim de impedir o desvio da medicação. Os resíduos coletados seguem para incineração ou aterros industriais classe 1, dependendo do procedimento de destinação dos resíduos de serviço de saúde adotado em cada munícipio. Mais informações em http://www.descarteconsciente.com.br/

Data da publicação: Abril de 2011

Fonte: Súmula Ambiental nº 170- Sistema Firjan

 


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação