Notícias



Diesel brasileiro pode ter redução de enxofre a 10 ppm em 2011


Diesel brasileiro pode ter redução de enxofre a 10 partes por milhão (S-10) em 2011. Essa possibilidade foi sugerida pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, aos representantes da Anfavea - Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, da Petrobras, da Fecombustíveis - Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes e do Sindicom - Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes durante reunião nesta terça-feira (4/08/08) no MMA. Também participaram do encontro o secretário de Meio Ambiente de São Paulo, Xico Graziano, e representantes da sociedade civil, do Ministério Público, da ANP e dos ministérios de Minas e Energia e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Durante a reunião foram discutidas também medidas de compensação ambiental para o cumprimento da resolução Conama 315/02, que determina a redução de emissões dos veículos movidos a diesel a partir de janeiro de 2009. Enquadram-se nessa norma cerca de 200 mil veículos novos que sairão da fábrica no próximo ano. "Um caminhão desregulado emite 30% de poluentes a mais que um novo", disse o ministro.

Além da regulagem de caminhões, o ministro sugeriu que as frotas de ônibus das regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Curitiba utilizem o diesel S-50 (com 50 partes por milhão de enxofre) a partir de janeiro de 2009.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente em 06/08/08.

http://www.mma.gov.br/ascom/ultimas/index.cfm?id=4276


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação