Notícias



O Projeto de educação ambiental do Estado do Rio de Janeiro será modelo para todo o Brasil


O projeto "Nas Ondas do Ambiente: Rádio@Escola.com", desenvolvido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, através das Secretarias do Ambiente e de Educação, vai ser implantado em todo o país. O anúncio foi feito no dia 12 de julho pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, e pela secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos, durante a cerimônia de encerramento da primeira fase do projeto, realizada no auditório Gilberto Freire, no Palácio Capanema.

"Em função dos excelentes resultados, vamos levar esta iniciativa para todo o Brasil. Além de estimular a educação ambiental através da comunicação, os participantes e ouvintes podem conhecer e preservar melhor a comunidade em que vivem", afirmou Minc.

O ministro destacou ainda que vai apresentar ao presidente Luis Inácio Lula da Silva um projeto para que as rádios comunitárias de todo o país captem recursos do setor privado para divulgação de programas sociais e ambientais.

Em quatro meses, 360 pessoas foram credenciadas para produções radiofônicas ambientais no Rio. As doze equipes trabalham em 20 emissoras instaladas em escolas e produzem material em outras dezenas de rádios comunitárias.

Um dos objetivos do projeto foi sensibilizar a comunidade escolar e a de seu entorno para questões socioambientais das áreas em que estão inseridas, com o auxílio das rádios comunitárias. Cada uma das 12 equipes formadas reúne 10 comunicadores comunitários, 16 estudantes e quatro professores de quatro escolas da rede estadual de ensino médio.

A secretária de Ambiente Marilene Ramos declarou que a Rádio Escola vai se tornar permanente e que vai expandir outros projetos de educação ambiental. "Não adianta trabalharmos na dragagem de rios, por exemplo, se as pessoas continuam jogando lixo no local. Por isso, este programa é tão importante para a questão da preservação do meio ambiente", disse Marilene.

Para a secretária de Educação, Teresa Porto, outro ponto fundamental do programa é que os jovens estão utilizando o seu tempo livre numa ocupação produtiva e dando sua contribuição para melhoria da qualidade de vida de toda a sociedade.

Para consolidar o "Nas Ondas do Ambiente", o Estado promoverá encontros periódicos com os grupos que já receberam a capacitação. O objetivo é formar núcleos em cada comunidade escolar e de rádios comunitárias, formando uma rede de comunicadores. Para o programa, financiado com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam), foram destinados nesta primeira fase - iniciada em 15 de agosto de 2007 - R$ 80 mil.

A segunda etapa capacitará 422 cidadãos, dos quais 224 estudantes e 112 professores de 56 escolas públicas da Baixada Fluminense e das regiões Litorânea e Serrana do Estado. A previsão é de que a segunda fase do programa seja lançada no primeiro trimestre do ano que vem e beneficie 30 lideranças e 56 comunicadores.

Participaram do evento, além do ministro Carlos Minc e das secretárias Marilene Ramos e Teresa Porto, o representante do Ministério da Educação no Rio, Cícero Mauro Fialho Rodrigues, e o secretário-executivo da ONG Viva Rio, Rubem César Fernandes.

Fonte: Jornal Diário de Petrópolis em 14/07/08.

www.diariodepetropolis.com.br/


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação