Notícias



Dia Mundial do Meio Ambiente levanta discussões sobre espécies ameaçadas e problemas ambientais.


A preocupação com o meio ambiente tem se mostrado recorrente em fóruns, agendas de governo e, até mesmo, na mídia. Neste mês, o tema ganha ainda mais destaque porque no dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia.

Segundo definição do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a data é relevante para chamar a atenção política para os problemas ambientais, incluindo os animais ameaçados. Assim, "chefes de estado, secretários e ministros do meio ambiente fazem declarações e se comprometem a tomar conta da Terra".

Próximo à comemoração, o IBGE lançou na última segunda-feira, 2 de junho, o mapa "Fauna Ameaçada de Extinção: Insetos e outros Invertebrados Terrestres", que tem como base a lista de espécies ameçadas divulgada pelo Ibama em 2003. Segundo os dados, cerca de 130 espécies e subespécies podem deixar de existir. Deste número, 96 são insetos - entre eles abelhas, besouros, formigas, entre outros - e 34 de outros invertebrados, como aranhas e caracóis.

Entre os animais citados no mapa, os que estão em situações mais graves são a formiga Simopelta mínima, a libélula Acanthagrion taxaense e as minhocas Fimoscolex sporadochaetus. Para ver o trabalho é só acessar o site do IBGE (www.ibge.gov.br) na seção de mapas.

A lista mais recente divulgada pelo Ibama, de 2003, apresenta espécies terrestres e aquáticas ameaçadas. Já o IBGE lançou em 2006 um mapa de aves e, em 2007, o mapa de anfíbios e répteis em risco.

Outra pesquisa relevante em âmbito global é a da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUNC) - International Union for Nature Conservation, em inglês -, que elabora a Lista Vermelha de espécies ameaçadas, reconhecida por instituições no mundo todo. Entre os bichos da lista estão ursos polares, ursos pandas e gorilas.


webTexto é um sistema online da Calepino
Marcos Criação